Armadilhas do conceito de Alta Performance

Um jeito mais inteligente de se pensar em performance.

Alta performance é um tema que está sendo debatido no ambiente corporativo e por empresas que decidam-se ao treinamento para líderes. As razões são variadas, mas vamos passar somente por algumas delas para não nos extendermos demais no tema. É muito comum ver-se esta expressão repetida no Curso de Liderança e por empresas de treinamento empresarial que tratam de outros temas.

Alta performance é uma daquelas expressões que ninguém sabe direito definir o que é e por falta desta objetividade acabam por definí-la na função comparativa ao melhor resultado do momento. Em resumo, alta performance é algo acima da melhor performance ou equiparada ao melhor resultado, geralmente avaliada por comparação quantitativa e não qualitativa. O que é alta performance hoje poderá não sê-la amanhã, ou seja algo indefinível.

Muito bem já observou que tudo que está em alta performance, também está em seu momento de alto desgaste?

Porquê acha que a fórmula 1 gasta 1 motor por corrida? Por que o motor está em sua mais alta performance possível, logo com seu maior desgaste aceitável para que não entre em colapso por exigência excessiva. Se o mesmo motor for utilizado em uma segunda corrida, não aguentará. Já reparou que os equipamentos de uma forma geral quando expostos à este nível de exigência duram menos? Porquê com o ser humano seria diferente?
Por que um dos problemas mais comuns em executivos, ditos de alta performance nas organizações, são problemas de saúde de diversos tipos diferentes, incluindo os psicossomáticos? Porque são azarados? Porquê não cuidam da saúde?
Porquê atletas de alta performance acabam com joelhos destroçados? Com ligamentos com inflamações crônicas que os obrigam à medicarem-se pelo resto de suas vidas? E outros tantos males que com uma breve pesquisa poderá fácilmente detectar?
O que você, líder, acha que está comunicando para um liderado quando pede a alta performance? Ele entende o que você quer? Que ele entregue um melhor resultado? Melhor quanto e aferido como? Ou não sabe definir muito bem o que está pedindo?

 

Caminhos e conceitos mais inteligentes.

Seguir por caminhos sempre iguais e, quase sempre, sem chegar ao fim, à uma finalidade é o que acontece quando se pensa tudo dentro de um conceito pouco claro. O resultado é um estado de frustração constante, de elevados desgastes e stress.

Quando se faz um Curso de Gestão de Pessoas maduro, verá que um dos conceitos mais elaborados é a sustentabilidade do negócio e uma das características da sustentabilidade ser é tudo o que elimina desgastes físicos, financeiros ou humanos para a organização.
Portanto a alta performance, com suas indefinições, vai para o banco dos réus. Está sendo julgada como uma das vilãs do bom resultado organizacional, pois incapacita colaboradores e gera fortes desgastes para o ambiente corporativo. Entra no cardápio um conceito mais sútil e inteligente que pode ser traduzido como a “performance necessária para que o negócio seja sustentável e longêvo”. Mais facilmente aferida quantitativa ou qualitativamente. Mais próxima do desenvolvimento contínuo e inovação. Mais objetiva. Evita comparações indesejáveis. Torna o jogo mais limpo, mais clean. Tudo fica mais claro e desgastes podem ser evitados.

O que faltam não são novos conceitos e novas abordagens, mas líderes que alcancem estes novos conceitos e façam-nos tornarem-se realidade no dia à dia da organização e introduzam-no no espírito da equipe de uma forma inteligente e eficaz. Se pesquisar a gestão contemporânea, verá que este conceito já é antigo, porém mais antigo ainda são os modelos culturais das lideranças.
O desenvolvimento de liderança passa inevitavelmente pelo de desenvolvimento de novos conceitos, não se faz uma liderança nova com um conceito velho e um destes conceitos que precisam de revisão é exatamente o da performance. Cabe também ao Treinamento para Líderes a introdução, ou pelo menos levar à cabo o debate, e a constante busca de novos conceitos e formas mais inteligentes de fazermos o que fazemos, sempre cada vêz melhor e com menos desgastes.
Sempre é possível sermos mais inteligentes para elaborarmos melhores conceitos, este somente pode ser mais um deles que precisa de uma boa revisão. A questão toda se resume em :
É mais sustentável sempre buscar por altas performances ou pensar num jeito sempre melhor de se fazer as coisas, sob conceitos mais produtivos e com menos desgastes?

A resposta é toda sua.

 


TrainerBr

Suporte Trainer Br : +55 11 5613-6515
Mobile : +55 11 96590-4955
E-mail : relacionamento@trainerbr.com.br