O Capital Criativo

Curso de Liderança – O Capital Criativo.

No momento em que vivemos, aonde tudo é inovação, falar-se do capital criativo é quase que uma redundância. Mas ainda é um tema que requer alguma elaboração. No Curso de Liderança se vê muito esta expressão sendo utilizada, mas sem uma elaboração que dê um significado adequado para muitos treinandos.

Segundo Bernard Shaw o capital pode ser definido como um estoque. Algo que pode ser acumulado. Se pode ser acumulado, é um capital. Portanto o capital financeiro pode ser encarado como um estoque de dinheiro.

Seguindo o pensamento de Shaw, então o capital criativo seria o estoque de criatividade. Até aqui nenhuma novidade. Vamos, então, um pouco além.
Se tudo o que é estocável é capital, o capital tem de ter um lugar para que seu estoque, seu acúmulo seja possível. No caso do capital financeiro, o estoque é o banco. Pode ser o colchão. Pode ser o cofrinho. Pode ser qualquer lugar, mas tem de ser identificável e circunscrito.

 

O conceito de capital criativo contemporâneo.

Aonde está o lugar aonde acumula-se a criatividade? Aonde ela pode ser estocada?

Nos livros, bancos de dados ou na nuvem? Não, lá não está a criatividade, está o produto da criatividade que é a informação. Informação pode ser estocada na forma de dados. Mas informação não é criatividade. Criatividade é o que a gerou.

O lugar aonde se estoca a criatividade só pode ser a mente das pessoas. Mas isto redunda em um outro problema.

O capital financeiro pode ser quantificado, aferido através de um sistema universal aceito por qualquer pessoa. E o Capital criativo? Como aferí-lo? Como quantifica-lo? Bingo !!! Chegamos, então, à um impasse. Não podemos.
As Empresas de Treinamento Empresarial desenvolveram, em função da demanda corporativa, o Curso de Gestão de Pessoas, muito ministrado para gestores, líderes e pessoal de RH. O RH das organizações, além da questão administrativa da gestão de pessoas tem por objetivo também de cuidar do capital criativo da organização. Se uma organização possui um capital qualquer e não cuida da manutenção e desenvolvimento deste capital, o que acontecerá com ele? Como toda planta que não recebe cuidados, definhará.
Mas ainda não respondemos como medimos o capital criativo?

Simplesmente não há como medir. Capital criativo é uma abordagem conceitual da gestão de pessoas, significa a manutenção de times bem informados, bem treinados, motivados e conscientes de seus papéis nas organizações. O capital criativo é concebido dentro desta abordagem. O Treinamento para Líderes trabalha bem esta questão, dá fundamentos e conceitos que resultem no constante esforço de manutenção e desenvolvimento do capital criativo da organização, que no fundo é o desenvolvimento humano sob uma abordagem diferente.
Não é algo aferível e estocável como capitais físicos ou financeiros.
O desenvolvimento de liderança passa, inevitavelmente pelo desenvolvimento do capital criativo das equipes. Não há como haver liderança de equipes que não se desenvolvem, de equipes estáticas. Para o que é estático, não é necessária a liderança, não cabe liderar algo estático.
Capital criativo é um conceito e um esforço organizacional para a preparação de melhores profissionais que possam gestar as soluções criativas de que a organização necessita para seguir adiante, se desenvolvendo.
Este é o seu melhor conceito.

 


TrainerBr

Suporte Trainer Br : +55 11 5613-6515
Mobile : +55 11 96590-4955
E-mail : relacionamento@trainerbr.com.br