Experiências Lúdicas – Curso de Liderança

Experiências Lúdicas – Curso de Liderança

A cultura de massas cria de tudo por uma razão simples. Pessoas estão em estados diferentes de desenvolvimento, compreendem e são estimuladas por coisas diferentes, tem intelectos diferentes, idéias diferentes, visões de mundo diferentes, maturidade e por aí vai.
Como consequência natural tudo tem o seu público. Por mais sofisticado ou primitivo que seja, claro dentro de uma ordem estabelecida como o socialmente aceitável, tudo acaba por ter interlocução. Com o Curso de Liderança não é diferente.
Alguns leitores nos perguntam se somos críticos do Curso de Liderança.
Não somos críticos. Procuramos sim identificar quais parâmetros e quais conceitos são desenhados pelas diferentes proposições das Empresas de Treinamento e Desenvolvimento e avalia-las dentro do que julgamos coerente com nossa contemporaneidade. Não somos a pedra de referência para o Treinamento Empresarial e cremos que ninguém é.

Escrevemos e falamos para o nosso público, para aqueles que se identificam com nossas abordagens e nossas proposições, e não são muitos. Há uma frase bem ingênua que traduz a diversidade humana : O que seria do amarelo se todos gostassem do verde?
Representa que todos tem um lugar no mundo e um papel a cumprir com seus interlocutores. Não pretendemos ter como interlocutores o restante do planeta.
A nossa proposição, como parte integrante do grupo de negócios que dedica-se ao curso de liderança, é reflexiva, mais intelectiva e caminhamos por entre as oportunidades que o mercado nos dá com alguma discrição e sucesso, dentro do que nos propomos. Não tingimos todas as mentes, mas as que atingimos gostam do que fazemos do conhecimento que adquiriram com nossa experimentação.

 

Procuramos plantar idéias e abordagens aonde o terreno está fértil. Aonde o terreno não está fértil para novas idéias, significa que a outra coisa deverá ser ali plantada, cultivada e há quem dedique-se à tarefa.
Não recusamos nenhuma experiência, mesmo que fora de nossas proposições, afinal sempre há o que se aprender.
Tivemos uma oportunidade bem interessante a alguns meses quando fomos convidados à participar de um curso de liderança de alto impacto numa experiência na floresta. Este convite foi para que pudéssemos dar alguma colaboração crítica e sugestões que agregassem ao portfólio proposto. Nunca tínhamos participado de um treinamento para empresas neste formato e nem sido convidados para uma tarefa de avaliação de outra Empresa de Treinamento.
Fomos deslocados para o interior de São Paulo, num hotel fazenda para atividades ao ar livre. Chegando lá recebemos um farda, um kit de primeiros socorros (fake- ilustrativo), um kit (também fake) de material para sobrevivência que incluía lona para barraca, faca, água, sal etc..
Dividimo-nos em grupos e ficamos dois dias correndo para lá e para cá cumprindo tarefas e depois de cada tarefa uma sessão de coaching de equipes para elaboração sobre a experiência vivida, análise do comportamento do grupo, planejamento da próxima tarefa etc…
Ao final, o evento foi contemplado pela nossa Palestra de Liderança.

  • Foi uma experiência válida?
    Foi.
  • Foi perda de tempo?
    Não, decidimos assim e nos dedicamos ao que nos propomos.
  • Tivemos sucesso em tudo?
    Não, como todo ser humano, não.
  • Faríamos novamente?
    Sim, como experiência coletiva, recreativa e lúdica. Porquê não?
  • Esta abordagem faz parte de nosso portfólio de treinamentos?
    Não, mas não significa que não tenha seus significados e não são adequadas para um determinado público.

Em alguns momentos podemos ter uma abordagem crítica, mas não somos os que se eximem de conhecer o que podemos gestar de atividades educacionais e coletivas. Mesmo que não esteja em nossa linha de trabalho, não significa que são proposições inválidas.
Nossa maior contribuição, além da Palestra de Liderança, foi a de avaliar os processos de coaching de equipe e dar nossa leitura e interpretação das proposições que ali foram desenhadas.
Entendemos que não existem fórmulas estáticas para o que é dinâmico em tudo na vida. Se é assim para a vida, é assim para tudo o que está inserido na vida e isto inclui pessoas.

 


Fonte da Matéria : TrainerBr

Suporte Trainer Br : +55 11 5613-6515
Mobile : +55 11 96590-4955
E-mail : relacionamento@trainerbr.com.br