Precariedades Tragicômicas – Curso de Liderança e Gestão de Pessoas

Precariedades – Curso de Liderança e Gestão de Pessoas.

Alguns vão rir um pouco. Outros vão chorar. Assim é a vida.

Não faltam iconoclastas nas academias, e nem no mundo corporativo. Suas observações, geralmente ácidas, acabam por desmistificarem muitos mitos e fazerem uma certa pressão para que conceitos e fórmulas evoluam. De uma certa forma ajudam bastante para que se construa o próximo passo em torno de diversos assuntos, posicionamentos, crenças etc..

No que se refere ao Curso de Liderança e Gestão de Pessoas não é diferente, então vamos dar voz aos geniais, mas sempre azedos, iconoclastas.

Esta discussão é super bacana e conta com o apoio de várias organizações e academias. Este material vem tanto do ambiente acadêmico quanto do corporativo e vale à pena como reflexão, até que resultem em algo didático e que possa ser transformado em conhecimento, novos comportamentos ou novas proposições.

 

Discussão Quente 1 – Curso de Liderança e Treinamento Motivacional e o RH.

Uma das discussões quentes no ambiente empresarial está na afirmação de que ao contratar um treinamento motivacional, a organização mostra, clara e inconscientemente, que tem lideranças incapazes da manutenção do moral da tropa ou de motivá-la.
Como consequência procuram do lado de fora da organização a solução que não encontram do lado de dentro, ou nos seus líderes.

Outras consequências mais graves são originadas por este posicionamento pouco inteligente das organizações, como por exemplo contribuírem para a perpetuação da incompetência de seus líderes em motivar pessoas. Uma vêz que a solução vem de fora, não há necessidade de desenvolvê-la do lado de dentro.

O pessoal do RH afirma que não é bem assim, defendem que um elemento externo ao grupo pode ser um agente motivador e um oxigenador de novos comportamentos. Acham que é uma atitude positiva da organização.
Por outro lado a afirmação é que “pode ser” e não a confirmação de que “é”, pois não tem elementos estatísticos, ou de outra natureza sólida para a defesa de sua tese, então tudo fica na subjetividade. O RH, inconscientemente, mostra que toma decisões na base do achismo e quem acha é porque não sabe. Aquele que sabe afirma “Eu sei e assim é”. Quem não consegue afirmar, simplesmente acha.
E o RH também não consegue influenciar ou ensinar os líderes como, de fato, motivar pessoas. Além de não conseguir motivar, também não consegue ensinar os líderes como fazê-lo, nada mais natural.

O que redunda em outra consequência grave que é o fato do RH, ao defender sua tese, esconde a própria incapacidade de motivar pessoas. Então cria-se uma relação, inconsciente, de cumplicidade reciproca entre os incompetentes do RH para motivar pessoas e os incompetentes dos líderes para, também, motivar pessoas.
Só quem perde com isto é a organização que além de não ter Líderes aptos a motivar as pessoas, também não tem um RH capaz de fazer o mesmo e acabam por contratar um serviço que, também, não motiva pessoas simplesmente por não conhecê-las.

Bingo!!!!!

Se já leu um pouco de Noam Chomsky e Peter Senge deverá ter compreendido melhor o debate acima.
Os habilitados para resolverem esta questão, ou sugerirem algo, estejam livres para escreverem para a Academia. Nosso pessoal do Curso de Liderança vai gostar de respondê-los.

Discussão Quente 2 – Treinamento Motivacional e Infantilização.

OK! Vamos buscar uma solução do lado de fora, afinal Santo de Casa não faz milagre.

Só que do lado de fora só encontrarão pessoas que não conhecem seus colaboradores, não convivem com eles e nem construíram nenhum relacionamento com eles. Portanto tem uma certa vantagem sobre os líderes e sobre o RH incompetente, pois não existem pontos de atrito, divergências, experiências negativas anteriores, promessas não cumpridas ou qualquer coisa no relacionamento que indique desgaste. Tudo o que somente um relacionamento maduro consegue resolver, mas sempre com algum desgaste.

Mas também não conhecê-los acaba sendo uma desvantagem, não conhecem gostos, desejos, aspirações e nem comportamentos. Motivar pessoas com alguma profundidade só é possível quando as conhecemos e é algo sofisticado, sutíl.
Para resolver esta desvantagem e esta falta de conhecimento das pessoas, a única alternativa possível para dar uma levantada no time são soluções infantilizadoras de baixo espectro Típico de pessoas que não tem relacionamentos pregressos, e seus desgastes, com aqueles que procura motivar. Então, as Empresas de Treinamento e Desenvolvimento, vem com aqueles questionários super descolados, aonde todo mundo mente na resposta e fazem uma cara analítica ao olhar para a folha de papel cheia de letras confusas. E, olha que legal, ningúem discute o questionário ponto à ponto, claro iria dar muito trabalho.
Olha que maravilha!!!

Aí tudo fica mais ou menos fácil, afinal o comportamento das crianças é bem padronizado. Uma criança aqui funciona de um jeito muito parecido com uma criança la do interior, mais remoto, da china. Então nada melhor do que pegar um time e trazê-lo de volta ao baixo espectro dos relacionamentos, ou seja eliminar a desvantagem de não conhecer o time através de sua infantilização. Para que se possa fazer algo que motiva qualquer criança ou um time trazido à este patamar de relacionamento, com sucesso
Então ao invés da real motivação, tudo fica na animação (coisa que criança adora), na festividade ou na infantilização do treinamento motivacional. O sucesso do treinamento e o faturamento estão garantidos.
RH e Líderes satisfeitos, pois suas deficiências estão bem ocultadas pela empresa que deu o Treinamento Motivacional.
Mais uma vêz a organização levou a pior, mas está vendo como todos ficaram contentinhos?

Bingo!!!!!

Os habilitados para resolverem esta questão, ou sugerirem algo, estejam livres para escreverem para a Academia.

Discussão Quente 3 – Curso de Liderança e Gestão de Pessoas.

Muitas Empresas não sabem o que querem contratar.
Quando se contrata um Curso de Liderança ou gestão de pessoas, poucas organizações sabem o que de fato querem.
Não sabem o que é liderança e nem tem a minima idéia do que seja, pois se soubessem não precisariam contratar ninguém para fazê-lo.
Claro, que escondem a sua incompetência e falta do desejo em pesquisar só um pouquinho, atráz da desculpa de que não tem ninguém disponível nos quadros para levar esta tarefa à cabo. O álibi perfeito dos incompetentes e desmotivados ao aprendizado. Nada melhor do que terceirizar nosso problema.
Querem formar líderes por que é moda e não porquê sabem como fazê-lo ou sabem o que é liderança. Olha que coisa doida!
E acabam contratando empresas que fornecem algumas técnicas básicas da gestão de pessoas, mas vendem para quem compra como um Curso de Liderança. Fazem isto por que elas mesmas, as empresas de treinamento, não sabem coisa nenhuma de liderança, mas conhecem algumas técnicas básicas que conseguem vender para quem não sabe nada.

Partem do princípio que diante de quem não tem informação nenhuma, aquele que tem uma informação ruim é rei. E reinam mesmo.

Todos ficam felizes! Quem comprou não sabia o que queria comprar, mas comprou alguma coisa. Quem vendeu também não sabia o que estava vendendo, mas tudo bem, o cara lá, o fulano, não sabe o que está comprando mesmo!!!

Ficam elas por elas, um jogo de soma zero e mais uma vêz a organização leva a pior.

Bingo!!!!!

Os habilitados para resolverem esta questão, ou sugerirem algo, estejam livres para escreverem para a Academia.

Discussão Quente 4 – Empresas de Treinamento e Desenvolvimento.

Quem tem mérito pelo sucesso organizacional está nas organizações.
Uma grande parte das Empresas de Treinamento Empresarial é composta de um bando de fracassados vindos do mundo corporativo, mas que não conseguiram fazer carreira.
Não conseguiram motivar e nem capacitar seus times para que continuassem no negócio.
Então foram demitidos, não conseguiram recolocação e abriram um negócio. O Treinamento para Empresas que vai transformar o seu negócio num sucesso, já que o meu foi um fracasso vamos tentar fazer o seu voar, desde que você me pague muito bem para isto.
Seu objetivo é ganhar dinheiro tentando ensinar para os outros o que não conseguiram, e nem sabem, fazer. Olha que beleza!!! E o pior é que o seu RH os contrata.
Como quem os contrata, também não sabe o que quer direito, a relação comercial está garantida.

Bingo!!!!!

Esta doeu.
Os habilitados para resolverem esta questão, ou sugerirem algo, estejam livres para escreverem para a Academia.

 

 

Fonte da Matéria : TrainerBr

Suporte Trainer Br : +55 11 5613-6515
Mobile : +55 11 96590-4955
E-mail : relacionamento@trainerbr.com.br