Qual porta abrir? – Curso de Liderança

……ao contemplar tantas portas Alice pergunta para o gato: “Poderia me dizer, por favor, que caminho devo tomar para sair daqui?” Que porta devo abrir?
“Isso depende bastante de onde você quer chegar”, responde o Gato.
“O lugar não importa muito…, só quero sair daqui”, disse Alice.
“Então não importa o caminho que você vai tomar e nem a porta que vai abrir, para quem não sabe aonde quer chegar qualquer caminho serve”, disse o Gato.”


São várias as dúvidas de uma organização quando pretende levar a cabo um programa de desenvolvimento organizacional ou mesmo contratar um curso de liderança. Não é fácil decidir pela contratação de um serviço de educação corporativa quando se tem uma enormidade de opções de diferentes matizes.

Escolho algo motivacional ou mais reflexivo? Algo empresarial ou lúdico? Profissionalizante ou de escopo comportamental?

Opções não faltam, então que caminho seguir? O dilema de Alice diante de tantas portas a serem abertas. Quais empresas de treinamento e desenvolvimento poderão atender suas demandas?
Não se espante. São dúvidas naturais que acontecem quando se tem diversas opções diferentes. A resposta não está na tentativa de se acertar sempre, mas na continuidade que se pretende na educação corporativa. Vamos tocar em pontos importantes que lhe ajudarão chegar nas respostas.

 

Educação Corporativa é um Esforço Constante.

Seja um Curso de Liderança ou de outra natureza, tenha em mente que cenários mudam, cultura muda, pessoas mudam e demandas por aprendizado também devem mudar para que acompanhem seu próprio tempo de mudanças.
Pode ser que num determinado momento da organização a demanda por um treinamento empresarial mais reflexivo e conceitual seja plenamente satisfatório. É aquele momento aonde a organização deve olhar para si mesma e procurar perceber quais são suas falhas, suas qualidades e aonde deve melhorar seus relacionamentos.
Este momento pode mudar após o fechamento de um grande projeto que demandará um esforço organizacional maior, um momento de superação para se cumprir prazos importantes e realização de trabalhos intensos, naturais de começo de projetos importantes.
Diante desta dinâmica, desta liquidez de nossas atividades o esforço por aprendizado e adaptação deve ser uma constante em qualquer organização. O que se aprendeu hoje e para os cenários de hoje, pode não ser tão importante amanhã, aonde cenários e demandas podem ter mudado.
Resumindo, não existem fórmulas definitivas e que atendam todas e quaisquer demandas e a qualquer tempo.

Procurá-las não irá lhe ajudar.

Empresas de Treinamento se Complementam.

Nenhuma organização tem o portfólio definitivo. As empresas de treinamento adotam linhas conceituais diferentes, fontes de conhecimento diferentes, visões diferentes e formatos diferentes para a educação corporativa. Algumas focam-se no EAD, outras em eventos out-side e há as de Treinamento in Company. Cada uma atende uma exigência diferente de suas contratantes.
Quando for escolher entre um treinamento in company mais conceitual e reflexivo e um treinamento empresarial lúdico com atividades realizadas na natureza, olhe para o seu time, consulte lideranças, o RH e os próprios trainees e saberá qual escolha realizar com menos margens de erro.

Cuidado com Avaliações Negativas Anteriores.

Não preocupe-se com as avaliações negativas a não ser que sejam maioria. Pessoas são estimuladas e vêem significados em coisas diferentes. O que para uns pode ser um treinamento muito bom, para outros pode não ser bom. Verá que isto acontecerá na maioria dos treinamentos que realizar com seu time. Quanto maior o time, mais evidente se torna esta verificação.
Claro que se a maioria do time revelar insatisfação com o treinamento empresarial dado ou fazerem críticas ao portfólio e seus conteúdos, pode significar que você errou na fórmula e este cuidado deve ser observado.
Por outro lado é difícil para qualquer empresa manter um programa de desenvolvimento organizacional continuado e longevo sem, em algum momento, cometer algum deslize Só se preocupe com os deslizes ou as críticas se forem repetitivos e recorrentes.

Mantenha a Coerência Programática.

Manter a coerência num processo de aprendizado é fundamental para que este aconteça e seja aproveitado pelo time.
Escolha as empresas de treinamento e desenvolvimento que traduzam com mais proximidade a cultura da sua organização. Não provocará choques culturais e nem contrastes indesejados. As separe por grupos temáticos e procure não variar muito estes grupos, a não ser por questões de qualidade.
Sempre que possível, adicione novos elementos ao grupo de empresas de treinamento e desenvolvimento que escolheu. Dentro das possibilidades promova a rotatividade entre as empresas de treinamento que escolher. Não é desejável colocar todos os ovos numa mesma cesta, se a cesta for ao chão quebrará muitos ovos de uma vêz. A variação de prestadores de serviço, treinadores e portfólios promove a diversidade de opiniões e de abordagens, o que pode ser enriquecedor para o seu time.

 

Saiba aonde quer Chegar.

Possuir clareza do que se pretende com um processo de aprendizado é fundamento para que este aprendizado tenha sentido e se torne realidade em ações. Ao contrário é cair no dilema de Alice.
Antes da contratação de um treinamento empresarial tenha em mente com clareza o que sua organização pretende de resultado ao contratar qualquer portfólio.
Como irá aferir se o objetivo foi atingido? Como procurar nas ações da organização a realização do aprendizado? Qual o momento de reciclagem? Com qual frequência?
A não observância deste detalhe é a mesma coisa de ensinar à um marceneiro como fazer um corte melhor, mais perfeito na madeira e não verificar se este corte está acontecendo, se a qualidade do produto final não foi implementada por um detalhe de perfeição importante. Caso isto não aconteça, de que adiantou o treinamento?

Olho nos Resultados.

À medida que o programa de desenvolvimento organizacional avança, sua organização deverá caminhar para mais perto dos seus objetivos corporativos. Quando isto não acontece pode indicar 2 coisas importantes :

  • O aprendizado não está sendo levado a cabo.
  • Não está havendo aprendizado.

A melhor forma de perceber esta dissonância é indicada pelos resultados da organização. Tanto os resultados objetivos e aferíveis quanto os resultados em posturas e comportamentos dos colaboradores.
Se não tem um dispositivo para esta aferição, o melhor caminho é criar um dispositivo coerente, mesmo que simplificado.

Tenha certeza de que alguns deslizes poderá cometer ao decidir levar a cabo um programa de educação corporativa longevo, mas se adotar alguns conceitos estratégicos em suas formas de análise e escolha, poderá reduzí-los ao máximo e desenvolver-se de forma perene e duradoura.

 

Fonte da Matéria : TrainerBr

Suporte Trainer Br : +55 11 5613-6515
Mobile : +55 11 96590-4955
E-mail : relacionamento@trainerbr.com.br