Líderes Autocráticos – Treinamento para Líderes


Treinamento para Líderes – O Conceito de Liderança Autocrática.

Pergunta enviada em 31/07/17 :

Não vejo a Liderança Autocrática como um estilo de liderança. Autocracia por si só já elimina toda e qualquer participação do grupo. Como alguém pode liderar um grupo que não participa das decisões?

OK. Vamos entender os contextos.

Possivelmente você participou de um Treinamento para Líderes aonde os 3 estilos clássicos de liderança foram apresentados : Autocrático – Liberal e Laissez Faire. Para informação, estes 3 conceitos já são considerados obsoletos pelos autores e acadêmicos contemporâneos da Liderança.
Já há uma evolução no pensamento que relega estes 3 estilos clássicos a uma necessidade de época, ou seja foram importantes num determinado momento e em nossa contemporaneidade estão sob severo questionamento, mas ainda não há uma palavra definitiva em torno do tema.
Mas não vamos entrar nesta questão agora e vamos nos ater à questão da Liderança Autocrática. Muito bem, o que vemos no Curso de Liderança Contemporânea em torno de conceitos? Para chegarmos a este ponto vamos ao significado de Autocracia que é a origem do termo Autocrático.

Autocracia tem o sentido, a partir da análise dos radicais gregos autos, que significa por si próprio, e kratos, que significa poder, resumindo é o poder por si próprio. É uma forma de governo na qual há um único detentor do poder político-estatal, isto é o poder está concentrado em um único governante, podendo ser este um líder, um comitê, um partido, uma assembleia, etc. O governante tem controle absoluto em todos os níveis do Estado.

Muito bem, partindo deste princípio, o Líder Autocrático realmente retira dos liderados qualquer iniciativa ou responsabilidade sobre qualquer decisão a ser tomada. O que é um flerte com a tirania, centralização e anulação das iniciativas individuais. Não há escolha possível aos liderados a não ser a submissão ao Líder. No campo das definições, é isto.

Um dos questionamentos que se realiza em torno da Liderança Autocrática no ambiente das Empresas de Treinamento e de acadêmicos que ocupam-se do desenvolvimento humano e comportamental, é que :

  • Existem realmente estilos de liderança ou é um momento da liderança que está sendo considerado?

 

Perceba que, se um líder for assim o tempo todo, estará sempre no comando. Poderá até ser líder, possuir seguidores, mas sua liderança não estará amparada pelo desenvolvimento mútuo, ou seja grupo-líder, mas sim pela assertividade consecutiva do comando e da submissão espontânea dos liderados.
A responsabilização é retirada dos liderados e recai somente sobre o líder, pois é o único que decide. Outrossim, não havendo a submissão, o liderado deixa de seguir o líder ou colide com a liderança. Sob o espectro da análise das características da liderança autocrática, o resumo é este.

Pode existir uma situação de liderança assim?
De fato pode, ainda vemos lideranças assim nas organizações. Comportamentos humanos gestam todos os tipos de interações que possa imaginar, esta é somente uma delas. Mas isto redunda em outro questionamento.

Uma liderança autocrática é sustentável, irá se desenvolver em nossos dias?
O que já é consenso para profissionais que ocupam-se do Treinamento para Líderes é que não. Não é sustentável, porém haverão momentos na vida do líder que poderá ser induzido, pelas circunstancialidades, a assumir uma postura autocrática. Caberá a sensibilidade do líder a deliberação sobre este momento. O que redunda em outro questionamento.

Quais são estes momentos?
São aqueles em que o grupo é incapaz de assumir responsabilidades ou diretivas sobre a situação que exige a deliberação.
Percebe então que o Treinamento para Líderes também tem suas questões conceituais profundas.
Sob esta abordagem, a liderança autocrática não é um estilo de liderança propriamente dito, mas sim um momento específico e particular da liderança aonde o líder será exigido a uma tomada de decisão sobre a qual o grupo não tem expertise para deliberações.

Como evitar este momento, torná-lo raro, torna-lo excessão?
A resposta é capacitando o grupo ao máximo possível. Mas sempre no Treinamento para Líderes vem aquelas perguntas de quem está pensando no tema, e isto nos satisfaz sobremaneira pois representa desenvolvimento e um novo questionamento surge.

E se o líder e nem liderados forem capacitados para uma tomada de decisão importante e de circunstância?
A saída continua na capacitação, só que agora dos liderados e do próprio líder. Para que possam deliberar sobre a situação a que são submetidos e exige sua deliberação e decisão.

Percebeu que o que o passado considerou um estilo de liderar, o presente já questiona e reavalia seu conceito? Isto é extremamente positivo. Não significa que a abordagem autocrática seja negativa, mas não define a liderança contemporânea, apesar de ser considerada uma de suas possibilidades pontuais.

O Treinamento para Empresas atual lida com esta questão neste formato. É a palavra definitiva? Não, mas é a melhor abordagem que temos em torno do tema. Há autores e acadêmicos que contribuem fortemente para o desenvolvimento de Lideranças e para o Treinamento Empresarial, de forma que os conceitos anteriores sobre a liderança sejam revistos. O objetivo não é invalidá-los, mas entendê-los melhor e coloca-los no seu devido lugar em nossos comportamentos em nossas concepções.

 


TrainerBr

Suporte Trainer Br : +55 11 5613-6515
Mobile : +55 11 96590-4955
E-mail : relacionamento@trainerbr.com.br