O Desafio do Ócio Criativo – Treinamento para Líderes

Líderes e o Ócio Criativo – Treinamento para Líderes

Se já ouviu em algum treinamento ou Palestra Empresarial o termo “Ócio Criativo” ou se já leu o livro, irá entender melhor esta matéria
Uma discussão que vale a pena ser levada adiante é a super ocupação de gestores e líderes e como impacta na criatividade e capacidade de inovação dos indivíduos. No ambiente do Treinamento Empresarial é um tema que provoca calorosas discussões, principalmente quando se aborda a questão do ócio criativo, proposto por Domenico De Masi. Quando entramos na questão da liderança, sob a mesma abordagem, também esbarramos com a já percebida crise de lideranças nas organizações como consequência da super ocupação dos líderes, proporcionada pelas especificidades da atividade empresarial e da produtividade, no Treinamento para Lideres vemos bem esta questão.

Para que entenda esta discussão, vamos bem resumidamente ao que propoê De Masi, um dos ícones conhecidos por Empresas de Treinamento e Desenvolvimento de Liderança e bastante mencionado no Treinamento para Empresas de vários matizes.
A lógica proposta por De Masi é clara. Processos criativos são normalmente frutos de estados contemplativos que são aqueles momentos aonde o indivíduo está entregue aos próprios pensamentos, livre de influências externas e de obrigações que o desviem de sua contemplação. Afinal a criatividade é fruto do pensamento e o pensamento só pode existir em seu estado de potencia se estiver livre de influências externas.

 

Neste momento a mente está em seu estado mais maleável, expansivo, imaginativo, aberta às possibilidades e livre das ocupações hodiernas que a assediam e reduzem seu potencial.
O estado contemplativo de potencia é o momento aonde o homem está mais próximo de sua manifestação criativa e aonde a possibilidade de uma solução criativa e inovadora seja gestada por sua mente em contemplação.
Uma nova idéia, uma nova abordagem, a saída para uma dificuldade, uma solução matemática , enfim tudo o que pode ser produzido pela mente em seu momento de potencia.

Influências externas não impedem a manifestação do pensamento, mas reduzem a sua potencia, seu alcance e torna a mente pouco criativa por não estar em contemplação.
Muito bem, como então nutrir expectativas de criatividade em um indivíduo super-ocupado, que nunca está em momentos de contemplação, como gestores e líderes das organizações contemporâneas?
E aqui está desenhada uma das discussões comportamentais contemporâneas em torno da criatividade que, aparentemente ainda não encontrou uma saída para este dilema e explica, parcialmente a crise das lideranças contemporâneas.

O que acaba por resultar também numa enorme crítica do Treinamento para Líderes que incentiva a criatividade, mas ao mesmo tempo super-ocupa lideranças. Elaboram mapas mentais, matrizes de gestão de tempo e, por muitas vezes, desprezam momentos de contemplação como uma de suas possibilidades. Imagine numa matriz de gestão do tempo de um executivo estar escrito : 30 min para contemplação. Ficaria meio estranho? Dentro do proposto por De Masi, não.

Se já participou de um Treinamento in Company que realizou esta proposição e tinha esta informação, deve ter percebido também esta contradição. Muitas vezes por falta de preparo dos próprios treinadores ao proporem abordagens que, ainda é discussão não resolvida sobre comportamentos humanos.
O mesmo perceberá numa Palestra Empresarial que trata do tema liderança. De Masi também é muito mencionado em palestras de liderança como uma referência, quando abordamos o tema criatividade e aproveitamento do tempo. Recomendamos a leitura do livro.
Claro que a contemplação não é a única forma que temos para desenvolver nossos processos criativos, além do que a contemplação proposta por De Masi não refere-se ao que temos de conceito sobre contemplação, mas sim um estado livre de influências limitadoras, não necessariamente o estado contemplativo como normalmente concebemos.

Enfim seja no Treinamento para Líderes ou qualquer outro Treinamento in Company que esbarre no tema, esta questão ainda vai longe. O que De Masi propôs, com muita inteligência, acreditamos que seja somente mais um passo para novos desenvolvimentos e novos conceitos em torno da criatividade e suas formas de manifestação.
Por enquanto o que podemos sugerir é : Se tem alguns momentos de ócio para aproveitar durante sua semana, faça o que puder para que sejam criativos.

 


TrainerBr

Suporte Trainer Br : +55 11 5613-6515
Mobile : +55 11 96590-4955
E-mail : relacionamento@trainerbr.com.br