Motivação e Significados


Treinamento de Vendas – Reflexões sobre Motivação.

Talvêz uma das mais delicadas perguntas que recebemos até hoje. Chegou até nós em 28/07/17 :

Sou vendedor bem sucedido e já realizei diversos cursos e treinamentos motivacionais, mas não me sinto motivado e não é pela situação econômica atual. Tenho percebido esta falta de motivação mesmo em tempos relativamente bons de vendas. Mas gosto de vendas e de pessoas, o que pode estar acontecendo? Qual a opnião de vocês sobre motivação?

Daremos uma resposta partindo do princípio que você não se sente deprimido. Se for este o caso, nós somos desabilitados à prestação de qualquer ajuda honesta, responsável. Neste caso recomendaríamos ajuda especializada que, cremos ser o melhor caminho e o mais seguro.
De fato não sabemos o que se passa com o nosso leitor que enviou a pergunta e não podemos dirimir sobre suas motivações, mas iremos procurar ajuda-lo com algumas reflexões.
Como uma empresa que se ocupa do Treinamento e Desenvolvimento não somos habilitados à responder por algumas complexidades humanas, afinal não sabemos de tudo. Temos, também, de nos responsabilizar sobre o que escrevemos para as pessoas lerem, portanto não iremos dar-lhe nenhuma resposta definitiva, não podemos. Mas podemos compartilhar algumas reflexões e é o que faremos.

Vamos pensar um pouco na motivação, porém fora do espectro normalmente disseminado num Treinamento de Vendas ou outro Treinamento Empresarial direcionado à motivação.
Muitas vezes em eventos empresariais existe uma falta de profundidade em se abordar o tema, porém para encher o evento, as Empresas de Treinamento de Vendas acabam por cometer deslizes e disseminando conceitos que, não são bem conceitos, mas não podemos ataca-las afirmando que são disseminadoras de sofismas, apenas não se aprofundam na questão da motivação, ficam na superfície das coisas humanas.
O Resultado é que depois de uma semana o efeito passa e a realidade de nossos comportamentos voltam ao que eram. Assim funciona o ser humano.

 

Muito bem, não pense num Treinamento de Vendas ou numa Palestra de Liderança, pense em algo mais profundo que levará para a sua vida seriamente, pense numa reflexão filosófica em torno de você mesmo e o que você de fato é. Vamos começar refletindo um pouco sobre a motivação.
Motivação é : Razão pela qual fazemos o que fazemos, motivos para se fazer as coisas. Podem ser motores da motivação o medo, a necessidade, o prazer, o senso de obrigação, o amor, o querer saber, a curiosidade, enfim há uma miríade de razões para fazer o que fazemos.

Até aqui você não está vendo nada de diferente dos Treinamentos de Vendas que realizou, então vamos nos aprofundar um pouco mais e entrar numa análise bem filosófica sobre a motivação.
Muito bem perceba que nós humanos somos de fato físicos e intelectualizados ao mesmo tempo, ou seja temos nossas necessidade físicas e nossas necessidades intelectuais ou do pensamento. São duas coisas de natureza muito, mas muito diferentes.
Podemos aqui racionalizar que para as necessidades físicas como : segurança, fome, sede, abrigo, sexo e tantas outras necessidades físicas que temos, o que motiva à fazermos o que fazermos é a falta delas. Quando não às temos em nossas vidas, e nos fazem falta, lutamos para conseguí-las e lutamos arduamente, dedicadamente e com impetuosidade.
Quando, afinal conseguimos atendê-las, há um esfriamento das motivações que detonaram nossa impetuosidade em atende-las. Pode observar facilmente em reações como :

  • Depois de matar a fome, a sonolência.
  • Depois de matar a sede, a saciedade.
  • Depois do sexo, o relaxamento.

E assim por diante, é lei intrínseca da vida que elimina a motivação que o levou à ação. Se não fosse assim morreríamos de tanto comer, de tanto beber ou de tanto fazer sexo. É um dispositivo intrinseco que elimina a necessidade do indivíduo, possibilitando-o focar em outros espectros da vida, outros desenvolvimentos à serem realizados ou outras necessidades à serem atendidas.

Assim funcionam as necessidades físicas, ao atendermos suas exigências, as necessidades morrem, pelo menos temporariamente. Resumindo não existem grandes significados à sombra destas necessidades, à não ser a saciedade física que, uma vêz atendidas hibernam ou perdem o motor, a motivação. Podemos ainda afirmar que o limite das necessidades físicas é a saciedade. E os motivos que nos fazem lutarmos para atende-las, é a falta desta saciedade.
Sob este aspecto, só paramos, deixamos de nos mover, não temos motivos para nos mover quando estamos saciados do que fazia falta.

Outras motivações para outras necessidades.

Quando entra no jogo das motivações, as necessidades intelectivas ou do pensamento que são de natureza absolutamente diferente das necessidade físicas, esta regra se inverte. Porquê? Antes de lhe proporcionarmos nossas reflexões, temos de deixar claro que é um tema que poderia extender-se muito mais, mas cremos que este não é o fórum adequado para complexidades, então seremos menos extensos. Mas a pergunta é porquê esta regra se inverte?

A resposta é simples, não conseguimos enxergar limites para o pensamento e suas construções, consequentemente necessidades originadas pelo pensamento poderão não ter limites também. Ou seja, ao atendermos uma necessidade intelectual, novos pensamentos, novas perspectivas surgem e por consequência mais motivos para continuarmos desenvolvendo nossas formas de pensar e nos desenvolver. Não existe saciedade possível para nossas necessidades intelectuais. Se não existe saciedade, estamos condenados à seguir em frente, sempre. Uma das maldições agradáveis que a vida nos impõe. Sim existem várias delas, o notável brasileiro Euclides da Cunha traduz isto muito bem na frase :

  • Estamos condenados à civilização, ou progredimos, ou desaparecemos.

Esta frase esconde muitas verdades.

Percebeu, então, que não só as necessidades físicas são os motores de nossas ações, as necessidades do pensamento também são motores poderosos para fazermos o que fazemos.

Damos à elas o nome de significados.

Poderá ser prazer, senso de obrigação, vontade de ensinar, vontade de aprender, ajudar pessoas, amor enfim outra miríade de possibilidades.
E chegamos aonde queríamos chegar com você. Pode ser que não consiga detectar suas necessidade intelectuais para continuar a fazer o que está fazendo e os Treinamentos de Vendas ou motivacionais não conseguiram lhe proporcionar tais reflexões. Uma vêz atendidas suas necessidades de escopo físico como segurança financeira, outros recursos necessários á manutenção de sua existência, não vê motivos para a impetuosidade do passado, quando você não tinha o que tem hoje. Se for isto, não se espante, é assim que funciona a vida e você não é nenhum desmotivado. É apensas humano, como todos nós.

O que pode estar acontecendo é que a vida está lhe convidando para seguir adiante, pois neste momento você pode estar saciado, atendido nas proposições que o impulsionaram à impetuosidade do passado. E como a vida lhe convida? Com o incômodo de achar-se desmotivado, saciado. Nos parece que você procura por significados para motivar-se e não os acha sob o espectro físico da vida, então terá de procurar no espectro intelectual da existência. Em suas construções culturais que são, por natureza insaciáveis, logo, sempre motivadoras. Uma das maldições agradáveis de viver.
Este pode ser o seu caminho, e vai dar trabalho. Você está condenado à evoluir e, pode ser que neste momento, a vida está alertando-o à olhar para si mesmo e procurar, no seu intelecto, os significados para fazer o que faz, uma vêz que o espectro físico de sua vida trata-se de página já virada, está por conta da saciedade de necessidades atendidas. Pessoas neste momento da vida, estão flertando com a possibilidade da liderança, pois o que movem os líderes são os significados e nos parece que é isto o que procura. No Curso de Liderança em seu modelo avançado, elaboramos sobre esta questão.

Percebeu que não lhe demos uma resposta ? Demos um conceito, nosso objetivo não é saciá-lo. Saciar é acabar com as motivações e não esqueça-se que tem à sua disposição uma miríade de possibilidades intelectuais insaciáveis, ache a sua.
Como já o dissemos é o compartilhamento de reflexões, esperamos que possam ajuda-lo.

 


TrainerBr

Suporte Trainer Br : +55 11 5613-6515
Mobile : +55 11 96590-4955
E-mail : relacionamento@trainerbr.com.br