Treinamento In Company e Percepções


Detalhes e Dúvidas Importantes – Treinamento In Company.

Pergunta enviada em 24/10/17 :

Sempre achei o formato do Treinamento in Company desestimulante. Não tira as pessoas do ambiente da empresa (que pode ser meio pesado), muitas vezes são interrompidos para as pessoas atenderem à urgências ou outras solicitações, chegam atrasadas etc… Não dá aquela quebrada de gelo que, muitas vezes é necessária para uma equipe.
Treinamentos fora, em minha concepção, tendem a serem mais produtivos e melhor aproveitados, pois existe o compromisso rígido com horários e os colaboradores mudam de ambiente. O que vocês acham?


Vamos por tópicos para lhe dar uma boa resposta.

Sobre o Treinamento in Company e o Ambiente Empresarial.

Um ambiente pesado não prejudica o Treinamento in Company, prejudica qualquer coisa. Prejudica o entendimento, a criatividade, a comunicação, aumenta o stress, é um ambiente fértil para relacionamentos falsos, lideranças incapazes, colaboradores arredios enfim, prejudica tudo.
Diríamos que afastar os colaboradores algumas horas por ano para fazer um Treinamento in Company e esperar que eles tenham um aproveitamento melhor, em função do afastamento do ambiente pesado da Cia, é uma atitude não eficaz.

Vamos pensar.

Ora, um ambiente pesado vai prejudicando tudo o que dissemos acima durante o ano inteiro e gerando impactos negativos nas pessoas e em seus comportamentos. O que indica que as tirarmos algumas horas por ano deste ambiente e as levarmos para um Treinamento in Company fará com que todo o prejuízo comportamental, nas relações, no stress e no interesse, gerados durante o ano inteiro, simplesmente desapareçam naquelas poucas horas dedicadas ao treinamento?
Como vê não há nenhuma garantia ou indicador que isto acontecerá.
O que compromete o bom aproveitamento do Treinamento in Company já está instalado no convívio corporativo muito antes dele acontecer. É o clima organizacional ruim.
Neste caso não somente o Treinamento in Company, mas qualquer outro treinamento, em qualquer lugar que seja realizado, terá seu resultado impactado por este clima organizacional ruim.

O que deve ser realizado para o bom aproveitamento de qualquer treinamento empresarial, ou da Palestra Empresarial de qualquer natureza que sejam é a construção de um relacionamento organizacional que produza a vontade de se desenvolver, naquele ambiente e com aquelas pessoas. Não adianta passar o ano inteiro construindo os relacionamentos e o clima organizacional ruins, desestimulantes, estressantes e ao final do ano, dar uma festa de Natal contemplada com a melhor Palestra Motivacional do País. O prejuízo já foi feito, o que era para sofrer desgaste já sofreu, o relacionamento ruim já está construído e as pessoas já estão desestimuladas, não será um treinamento num hotel fazenda de luxo que irá reverter o quadro e nem uma palestra motivacional espetacular.
Além do que, esta sequência de leituras subjetivas, ainda podem induzir os colaboradores à refletirem se estão numa empresa que nutre uma contradição enorme no seu comportamento de gestão. Como consequência passam a agir cinicamente com a organização. O pensamento mais comum, e já testemunhamos isto várias vezes, é:
Passamos o ano inteiro destruindo o relacionamento e ao final do ano falaremos de coisas emancipadoras, positivas e motivacionais?

Uma reação emocional, talvez infantilizada, dos colaboradores, mas não menos real.

Afastar por uns momentos os colaboradores da organização, por que o clima interno é ruim, para fazerem um Treinamento Empresarial pensando que seu aproveitamento será melhor é disfuncional e não produz resultados esperados. No momento em que retornarem à organização, o clima continuará ruim.
O que, de fato, importa é que o clima da organização seja bom e o Treinamento in Company, ou outro formato qualquer, seja de qualidade.
Aí o bom resultado do treinamento está garantido.

 

Sobre o Treinamento in Company e suas interrupções.

Interrupções para atender urgências ou outras de demandas mostram uma falha grave no planejamento do Treinamento In Company.
Não é somente o treinamento que tem de ser planejado, mas as pessoas se planejarem para o treinamento. Ao adquirir o hábito de levar o treinamento para fora da organização para não ser vítima do planejamento ruim dos colaboradores, estamos condenando-os a continuarem se planejando inadequadamente. Uma solução que não resolve um problema para a organização, simplesmente o esconde.

Falta de planejamento não se revela somente na hora do Treinamento In Company, se revela também nas outras atividades da organização, é que na hora do treinamento estes problemas ficam evidentes, então atribuímos ao treinamento um problema que é, da fato, dos colaboradores. Sendo dos colaboradores, é da gestão.
É criarmos uma solução para resolver um problema, mas que não o resolve, somente o esconde. Mostra também que, na lista de prioridades do colaborador, a sua capacitação não é uma de suas prioridades. Promover o Treinamento in Company pode ser um indicador de quais colaboradores tem interesse em se desenvolver ou não, quais se planejam para isto ou não, quais priorizam tal medida ou não.

Ao mascarar o problema, nem este indicador a gestão da organização terá.

Para serem produtivos e melhor aproveitados o que é necessário é: Bom planejamento e Pessoas Interessadas, de fato.
Mascarar a falta de interesse das pessoas ou de planejamento dos colaboradores não irá garantir o sucesso do treinamento.

Sobre o Treinamento in Company e quebra de gelo.

Se deseja dar uma quebrada ano gelo, ou no ritmo de trabalho ou simplesmente fazer algo diferente como um agrado ao time, reoxigenar e dar uma relaxada (todas são medidas válidas) recomendamos a não utilizar os locais de treinamento como referência para que isto seja bem sucedido, esperando que o local seja o responsável por este resultado.

Recomendamos um evento lúdico e unicamente para este fim. Existem diversas Empresas de Treinamento com modelos direcionados a esta proposição e à disposição das organizações, cujo objetivo é mesmo promover o relaxamento e são orientadas e treinadas para proporcionarem estes momentos. Pode ser bem bacana para um time, após fechar um projeto importante e bem sucedido, realizar um evento desta natureza, mas tem de ser natural e objetivo e o time tem de se sentir prestigiado com esta contemplação.

Já, levar o time para um treinamento num hotel fazenda maravilhoso, um treinamento pesado como os de escopo técnico, faz com que as pessoas não aproveitem o que a estrutura local tem a oferecer. Depois de 8 ou 9 horas numa sala ouvindo sobre gestão, sobre um software ou outras ferramentas quaisquer, as energias estarão muito baixas para atividades lúdicas. A estrutura está toda lá, mas as pessoas estão sem energia para aproveitá-las e a organização estará pagando pela estrutura completa. Parece desperdício de recursos?
Recomendamos que cada evento tenha um objetivo claramente definido para que o seu sucesso seja pleno para todos os envolvidos.

A mudanças de ambiente podem ser positivas. Porém tenha certeza de que se um ambiente for realmente bom, as pessoas irão querer continuar imersas nele. Assim é o ser humano.

Sobre o Treinamento o compromisso dos colaboradores.

Sobre esta questão há um espectro de análise mais complexo. Colaboradores sem compromisso denotam outros problemas da gestão de pessoas que podem ter origem nas mais variadas situações e experiências.
Se for este o caso, recomendamos o Curso de Gestão de Pessoas para a aquisição de ferramentas das boas práticas e mecanismos de detecção dos comportamentos dos colaboradores. Há diversos Treinamentos para Empresas que dedicam-se a esta finalidade com análises de perfil de equipes das mais variadas, avaliação DISC etc…
O problema do compromisso dos colaboradores, geralmente, não está relacionado com os formatos de treinamento empresarial que a organização adota, mas a problemas e experiências pregressas que levaram o colaborador à este estado.
A avaliação das origens deste comportamento é importante e há materiais e programas interessantes à disposição das organizações.

 


Fonte da Matéria : TrainerBr

Suporte Trainer Br : +55 11 5613-6515
Mobile : +55 11 96590-4955
E-mail : relacionamento@trainerbr.com.br