Cursos In Company – Treinamento In Company
Suporte Trainer Br : +55 11 5613-6515
TrainerBr no WhatsApp: +55 11 96590-4955
E-mail : relacionamento@trainerbr.com.br

Quem Somos

A Importância da Ética e da Liderança nas Organizações.

Se observar atentamente o que despertou interesse no ambiente corporativo os últimos 50 anos, perceberá que existem temas que repetem-se, exaustivamente, nas organizações. Líderança, Excelência, Ética e Resultados. Se repetidos à exaustão, porquê são necessidades, sendo necessidades ainda não foram realizadas ou exigem realização constante.

De todas as oportunidades que há na aquisição de conhecimentos e procedimentos que nos levem à este estado tão desejado nas organizações, poucas oportunidades acontecem para tratar dos temas Ética, Excelência e Liderança sob abordagens realísticas, genuinamente educativas, maduras e reflexivas. Facilmente observa-se que, no Treinamento Corporativo orientado ao desenvolvimento comportamental dos dias de hoje, o que promete-se é o sucesso, felicidade e realização pessoal, porém, o que entrega-se é a subjetividade adornada por uma forte massagem emocional ou exacerbação de egos. Sem dúvida são ambientes criados exclusivamente para o bem estar de quem lá se encontra, o que inclui gestores e colaboradores das organizações. Porém, depois de pouco tempo mal se lembra de quais premissas intelectivas ou conhecimento de fato foi adquirido. A incômoda observação deste estado de coisas é que não houve reflexão e muito pouco, ou nenhum, conhecimento comportamental adquirido, pois o ser humano não esquece sobre o que está em suas reflexões e nem sobre o que nos deixa marcas, positivas ou negativas. Assim funciona o ser humano.

A Situação Contemporânea do Desenvolvimento Humano nas Organizações.

Esta é a constatação e fruto de pesquisas de estudiosos contemporâneos que abordam o tema com maturidade, competência e insenção. O Treinamento Corporativo Comportamental de nossos dias mais infantiliza mentes do que amadurece mentes. Esta percepção é compartilhada por acadêmicos ao redor do mundo, basta dar uma espiada em autores como Barbara Kellerman, Warren Bennis, Peter Senge, Robert Edward Freeman, Zygmunt Bauman e outros grandes estudiosos do tema para ter-se a clara percepção do momento atual. Uma grande parte do material que está disponível para as organizações ainda funcionam assim. Em sua maioria, as abordagens são definitivas mas que, de fato, definem poucas coisas diante das mudanças contemporâneas. Repetem-se fórmulas do passado, que foram importantes, até eficazes, no passado, mas não servem mais para o presente.

Soa como crítica, mas não é. Não se trata de tentativa de destruir ou invalidar as construções do passado. A visão é exatamente oposta. Para chegar até aonde chegou, o gênero humano tinha de trilhar por estes caminhos. Autores e estudiosos destes temas, no passado não conseguiram esgota-los, mas deram várias contribuições importantes e colocaram seus tijolos na parede do conhecimento do desenvolvimento humano e organizacional. Se assim não fosse, o gênero humano não conseguiria dar os passos que dá hoje. Mas o fato é que o fenômeno da obsolescência é uma característica intrínseca da vida, atinge também o conhecimento e os modelos que o homem gesta de época em época. Os ilustres estudiosos contemporâneos já perceberam tal obsolescência e partem para uma nova abordagem destes temas, utilizando-se também das contribuições do passado como ponto de partida, mas agora numa abordagem muito mais madura sobre a questão da Ética e da Liderança.

E se a vida continuar com suas leis inquebráveis, as abordagens mais arrojadas e maduras de hoje um dia ficarão, também, obsoletas. Assim funciona o desenvolvimento humano.

As Organizações do Presente.

As organizações do presente demandam novos conhecimentos e, além do conhecimento, sabedoria para lidar com este conhecimento e fazê-lo gerar prosperidade, no ambiente aonde estão inseridas. Organizações querem, desejam, são ávidas por prosperidade. É através da prosperidade que terão seus mercados para serem explorados economicamente, poderão gozar do enorme benefício de stakeholders prósperos , visão de investimentos e outras benesses que só a prosperidade pode proporcionar.

Não se pode pensar em prosperidade sem a manifestação da Liderança e de Líderes e, nos dias de hoje, é impensável, para não dizer herético, abordarmos a Liderança e comportamento humano sem uma adequada abordagem Ética. É o que nos mostra nossa própria contemporaneidade através de outras constatações que estão bem diante de nossos olhos. Faltam Líderes e Liderança, também, por falta de uma abordagem Ética madura e as organizações sofrem com esta carência.

O que observa-se é que nossos ambientes educativos nunca deram muita atenção à estes temas, como consequência, tornaram-se carências coletivas. Uma observação constrangedoramente simples é que, lá na origem do ser humano, no seio das famílias, normalmente, não se vê pais ensinando aos filhos o que é Ética. Nas grades do ensino fundamental (1º e 2º graus) não se vê Ética como uma matéria curricular. Nas universidades somente em cursos específicos. O resultado é que, ao formarem-se, uma quantidade enorme de profissionais ingressam nas organizações todos os dias sem saber o que é Ética, sua importância para a construção de estados excelentes e da Liderança de fato, como uma consequência nefasta deste abandono da importância ética, levam para as organizações conceitos próprios, distorcidos que também não refletem o comportamento ético.

E sem Ética, ou alinhamento entre mentes, idéias e ações, não existe Liderança possível de se manifestar em seu estado excelente. O resultado deste estado de coisas está definido, icônicamente nos valores das organizações.

Consequências no ambiente organizacional.

As organizações tem suas cartas de valores fundamentais. Aonde, normalmente definem como pilares : Excelência, Ética, Liderança entre outros conceitos. Porém ao conversar e conviver com líderes, gestores e colaboradores percebe-se que muito poucos conseguem definir, de fato, o que é Excelência, Ética e Liderança. Nasce, então, uma pergunta para as organizações de difícil resposta :

Como uma organização que propôe tais conceitos em sua manifestação mais importante, a sua Carta de Valores, pretende levar à cabo suas ações pautadas por estes mesmos conceitos que seus Líderes, Gestores e Colaboradores não conseguem reproduzir?

Isto revela uma dificuldade particular : Os fundamentos da organização estão em sua Carta de Valores, mas não estão nas pessoas que compôe a organização, sejam colaboradores ou líderes. A pergunta leva à um contra-senso e à um, quase, beco sem saída.

O resultado é que a organização funciona mal. Quando o mercado está aquecido, não se percebem as enormes perdas que isto tráz à organização. Quando o mercado arrefece, a organização percebe que funciona mal, está refém da sua falta de Liderança, falta de alinhamento ético e falta de criatividade e capacidade de inovação para superar turbulências e leva-la até o final destes períodos, mesmo que seja necessário uma reorientação de todo o negócio. Como um pedaço de madeira no rio, corre estritamente ao sabor da correnteza. Isto explica porquê algumas organizações aguentam solavancos enormes e conseguem sair do outro lado das crises, algumas vezes, bem diferentes do que eram. Enquanto outras, simplesmente deixam de existir aos mesmos solavancos. Não é somente uma questão de estratégia, somos experts em estratégias, mas somos imaturos quando se trata de Ética, Excelência e Liderança. Estas de fato são as melhores estratégias. Isto acontece numa família, numa organização e numa nação.

Novas tecnologias são fundamentais para os resultados das organizações, porém novas tecnologias surgem somente aonde há criatividade. Por sua vêz criatividade, em ambientes coletivos, não surge aleatoriamente ou como característica de um único indivíduo que irá salvar a pátria. Surge somente em ambientes aonde a Liderança, a Ética e a Excelência se manifestam. O que as organizações buscam hoje são novas e melhores formas de fazer as coisas através da expressão espontânea da criatividade de seus colaboradores. Só conseguem esta realização aquelas que, antes da criatividade, conseguem ensinar suas lideranças à produzirem o alinhamento ético e atitudes que manifestem, espontaneamente, suas excelências, suas virtudes. Então a criatividade de seus indivíduos, simplesmente se manifesta. Porém só consegue alinhamento ético, quem sabe o que Ética e só consegue liderar, conscientemente, quem sabe o que é Liderança.

Nossa Atividade : Desenvolvimento Humano e Organizacional.

 


A TrainerBr é uma organização, que nasce com o objetivo da disseminação dos conceitos contemporâneos, legítimos, em torno da Liderança , Ética e Desenvolvimento Humano, para qualquer organização que tenha interesse em desenvolvê-los em toda a extensão da atividade. Qualquer que seja a ocupação a qual a coletividade se dedique, os fundamentos do funcionamento coletivo são sempre os mesmos. Nossa contribuição é esta.

Missão

Agregar real valor às soft-skills dos indivíduos e organizações que nascem do seu agrupamento por propósitos comuns, disseminando o conhecimento dos fundamentos da Liderança e seu desenvolvimento, Gestão de Equipes, Ética e Comunicação Corporativa colaborando, desta forma, para que alcancemos o desenvolvimento em todas as nossas atividades e do ambiente aonde todos viveremos.

Valores

Ética no desenvolvimento de todas as atividades.

Visão

Referência como auxiliadores no desenvolvimento de pessoas e empreendimentos.


Luiz Farias de Freitas - TrainerBr

Obrigado pela sua atenção inicial e conte conosco.

Luiz Farias de Freitas – TrainerBr
luiz.farias@trainerbr.com.br

Seja Bem Vindo – Equipe TrainerBr

Suporte Trainer Br : +55 11 5613-6515
Mobile : +55 11 96590-4955
E-mail : relacionamento@trainerbr.com.br



Voltar à Página Inicial