Fale com um Assessor: (0xx11) 96590-4955
   Suporte TrainerBr

Mecanismos – Curso de Liderança

O Estudo dos Mecanismos – Curso de Liderança.

Frequentemente somos indagados : porquê razão a liderança tem de ter um mecanismo, ou mecanismos?

Esta proposição não é tão simples de responder, mas daremos algum material para reflexões importantes. Há várias razões para tal proposição, entretanto a mais determinante delas, ou talvez uma das mais determinantes é :

  • O fenômeno liderança se atender a algum objetivo para a vida, deve (fatalmente) estar estreitamente ligado às leis da vida. Estando ligado às leis da vida, deve (fatalmente) obedecer seus mecanismos. Caso contrário, a liderança, não está ligada às leis da vida e poderá ser qualquer coisa que a capacidade criativa humana consiga conceber. Sendo assim não passará de uma questão de perspectivas (quaisquer perspectivas) em torno de algo que ainda não conseguimos definir e que, em nossa visão, não cumpre nenhum objetivo para a vida.

Esta á a razão pela qual definimos nossos portfólios ao entendimento dos mecanismos da liderança. O Curso de Liderança que não conseguir atender a esta demanda lógica do estudo, fatalmente, cairá no terreno das perspectivas (quaisquer perspectivas) e poderá ensinar algo mais ou menos indefinível e que não possui mecanismos identificados. Em resumo qualquer um que se propor ao ensinamento da liderança poderá criar sua teoria pessoal para a mesma.
Um risco que muitas organizações ainda não se aperceberam.

 

As Perspectivas para o Treinamento Empresarial Contemporâneo.

 

Uma das coisas que percebemos nas empresas de treinamento corporativo, claro as que se dedicam ao curso de liderança, é que existem uma enormidade de conceitos e portfólios disponíves e em todos os diferentes formatos, desde o Treinamento in Company até às mais completas imersões que se possa imaginar.
Não que isto seja necessariamente ruim, afinal é natural que algo ainda não plenamente compreendido seja contemplado com diversas teorias e conceitos diferentes, mas existe uma pulguinha atráz da orelha quando se observa isto.
Ora, quando isto acontece (esta oferta de conceitos demasiadamente prolíficos) é o mais claro sinal de que :

  • Os diversos conceitos e conteúdos não conseguem atingir todos os espectros fundamentais da liderança, seus fundamentos mais originais e condicionantes “sine qua non” da liderança e por esta razão acabam cada um dando uma contribuição incompleta para seu entendimento.
  • Nenhum portfólio acertando nos fundamentos acabam criando diversos formatos, fórmulas diferentes e conceitos contraditórios entre si.
  • Todos estão ensinando a mesma coisa, somente com roupagem diferente.

Não escolhemos nenhuma das alternativas acima, apenas as colocamos como possibilidades. Sua análise criteriosa é quem lhe dará as respostas de que precisa na hora da contratação de um bom treinamento de liderança.

Como não nos propomos (nem poderíamos) como a última palavra no tocante ao treinamento para líderes podemos afirmar que, independentemente dos formatos diferentes ou adoção de roupagens assessórias, aquele portfólio que chegar aos fundamentos e mecanismos está apontando para o sentido correto para a compreensão desta notável forma de manifestação humana.
Por outro lado, aquele portfólio que não conseguir esta compreensão e a admissão de um método, por mais simples que seja, para que transmita aos seus trainees este conhecimento acaba por cair na vala comum da falta de consistência amparada por conhecimento sólido. Neste caso acabam por inventar conceitos e roupagens novas. Circulam e circulam em torno do tema liderança mas não conseguem definí-lo com clareza.

Como empresa de treinamento empresarial, somos também ouvintes e pesquisadores e acabamos por conhecer outros portfólios em simpósios e outros eventos corporativos. Já presenciamos uma palestra de liderança de 2 horas, mas que vai no cerne dos mecanismos, ser muito mais tocante para os trainees do que treinamentos de 8 ou 10 horas que repetem as velhas fórmulas e abordagens obsoletas da liderança.
Como diz o velho ditado popular: A roupagem e a apresentação física falam muito, mas quem manda de fato é sempre, e inevitavelmente, o conteúdo.
Podemos dizer que o formato facilita muito a abordagem ao trainee pelo fato do diálogo pessoal ser ainda o mais eficaz mecanismo de alinhamento. Somente ele permite a tratativa das objeções, a leitura de reações, o debate e a empatia imediata. Por esta razão é que priorizamos o treinamento in company ao invés de outros formatos. Um estudo desta natureza, é melhor ser realizado pessoalmente, face to face.

Poderíamos muito bem gravar um vídeo somente uma vêz e vende-lo milhares de vezes como um curso de liderança no formato EAD (ensino à distância) a um preço módico e ficar faturando sem sair de casa. Não temos nada contra o EAD, aliás achamos que determinados temas podem muito bem ser tratados desta forma e com enormes vantagens para o trainee, porém liderança ainda não é um deles.
Outrossim, independentemente do que aconteça em termos de tecnologias, formatos ou outras mudanças quaisquer, uma coisa é inatacável: Se não chegarmos nos fundamentos e mecanismos de algo, nunca iremos entende-lo plenamente e isto não depende de formatações, depende de conhecimentos e conceitos sólidos.

Abraço a todos.

 

Fonte da Matéria : TrainerBr

Suporte Trainer Br : +55 11 5613-6515
Mobile : +55 11 96590-4955
E-mail : relacionamento@trainerbr.com.br

TrainerBr Treinamentos Corporativos

Rua São Francisco Xavier, 101
São Paulo - SP Cep: 04456-030
Suporte Trainer Br : +55 11 96590-4955
relacionamento@trainerbr.com.br

Matérias & Publicações – Blog

Conheça a Trainer Br